Telefone Telefone
(21) 2263-2533
WhatsApp WhatsApp
(21) 97152-4026
Endereço Endereço
Rua Pedro Alves 61, Santo Cristo,
Porto Maravilha - RJ - CEP 20220-280

Blog da MetroMax

6 coisas que chefes não devem fazer

Existe um estereótipo não muito positivo em relação aos chefes, que remonta à imagem do chefe autocrático, rígido e controlador. Há anos se tenta mudar essa mentalidade, com estudos e o desenvolvimento de metodologias de gestão e liderança que promovem relacionamentos mais produtivos e saudáveis entre chefes e funcionários.

Veja a lista que preparamos com erros comuns que chefes de todo tipo de empresa podem cometer e devem evitar.

1. Acumular tarefas e microgerenciar a equipe

 

Esta é uma questão comum para quem estava acostumado a colocar a mão na massa e, como chefe, pode encontrar dificuldades em delegar tarefas. Assumir tarefas que são responsabilidade de outras pessoas pode consumir muito tempo, além de fazer com que o chefe pareça ser centralizador e autocrático. Faz parte do papel de um bom líder escolher bem a equipe, dar alguma liberdade na tomada de decisões e confiar no trabalho que será feito.

 

 

2. Não manter as coisas em ordem

 

Dependendo do tamanho da empresa ou equipe que lidera, um chefe tem atribuições diferentes em relação às contas, materiais, compras, estoques ou infraestrutura. Mas é sempre importante manter os documentos e patrimônios da empresa bem organizados. Se os funcionários veem que os negócios são conduzidos “na bagunça”, ficarão menos dispostos a organizar seus documentos e guardar informações que podem ser valiosas para a empresa no futuro.

 

 

Para ajudar a organizar estoques, materiais e arquivos de documentos, há a opção do self storage e, para isso, conte sempre com a MetroMax!

 

 

 

50 sites que todo empresário deve conhecer

 

 

 

3. Não dar e ouvir feedbacks

 

Estar em contato constante com os funcionários e criar laços de confiança com eles é muito importante. O feedback não é um sermão ou puxão de orelha, ele deve ser parte constante da comunicação entre chefes e funcionários, tanto em situações rotineiras, com feedbacks rápidos, quanto em reuniões e momentos criados especificamente para isso. É importante dar feedbacks negativos e também positivos, para que a sua equipe se sinta mais motivada e engajada no trabalho. Veja mais sobre como dar feedbacks.

 

 

Não ouvir feedbacks pode ser um erro tão grande quanto não os dar. Profissionais que procuram ser sempre os melhores que puderem precisam saber ouvir críticas sobre o seu trabalho, e isso também vale para alguém em posição de chefia. Solicitar feedback dos seus funcionários ou, no mínimo, estar verdadeiramente aberto às críticas construtivas vai trazer informações muito valiosas a respeito da sua atuação. Ouvir críticas e trabalhar para melhorar quaisquer pontos problemáticos pode, inclusive, melhorar o relacionamento entre a chefia e os funcionários.

 

4. Não se importar com as pessoas

 

O trabalho ocupa uma porção grande dos nossos dias, e ter bons relacionamentos com colegas e chefes torna esse tempo maias agradável e produtivo. Um líder que não se importa com seus colaboradores, não os conhece e não sabe o que vai motivar mais uma ou outra pessoa, tem menos chances de ser bem-sucedido e de manter um bom nível de produtividade. A aptidão e sensibilidade para lidar com pessoas são habilidades importantes para qualquer líder.

 

 

5. Perder os talentos da empresa

 

Um bom líder precisa ser bom também em escolher a sua equipe, reconhecer talentos e manter os funcionários engajados. São muitos os fatores que influenciam a decisão de um bom funcionário ficar ou não ficar na empresa. Se a rotatividade é muito alta, ou se seus melhores colaboradores acabam encontrando oportunidades melhores, talvez seja hora de reavaliar algumas políticas da empresa.

 

Veja mais sobre como reter talentos neste vídeo do Sebrae MG:

 

6. Parar de estudar

 

Um líder ou chefe não pode ser acomodado em sua função. Estudar, se aprofundar nos temas técnicos e em metodologias de liderança são atividades muito importantes e que devem fazer parte da rotina. É assim que um chefe pode entender se os resultados do trabalho são satisfatórios, se as tarefas estão sendo realizadas da melhor maneira possível e se a equipe está mostrando todo o seu potencial.

É com estudo, também, que um chefe permanece um verdadeiro líder, procurando sempre ter mais autoconhecimento – que é uma tarefa muito difícil – e entender se suas habilidades de liderança estão adequadas para o momento da empresa e para o estilo da equipe.

Nunca se deixe ficar para trás!

 

 

Habilidades de liderança fazem um chefe ser um bom líder e o ajudam a manter uma equipe confiável e produtiva. Ninguém nasce sabendo como fazer tudo, essas habilidades são aprendizados adquiridos com o tempo, com a experiência e com estudo. Todos cometem erros, inclusive chefes, e o importante é sempre sermos capazes reconhecê-los e aprender com eles.

 

Veja também: 

 

 

 

Guia gratuito: como fazer sua empresa crescer na crise

 

 

Você sabe o que é um Self Storage?

Faça seu orçamento sem compromisso

Insira suas informações e entraremos em contato com você

Não sabe o tamanho? Calcule agora